Lira diz a aliados que Moraes não ligou para avisar sobre operação

 Metropó

Presidente da Câmara, Arthur Lira relatou a aliados que Alexandre de Moraes não ligou para avisar sobre operação contra Carlos Jordy

 atualizado 

Compartilhar notícia

Vinícius Schmidt/Metrópoles
Moraes conversa com Lira

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), disse a aliados que o ministro do STF Alexandre de Moraes não o ligou para avisar sobre a operação contra o deputado Carlos Jordy (PL-RJ), nesta quinta-feira (18/1).

Lira disse ter sido comunicado apenas pela Polícia Legislativa que os agentes da Polícia Federal estavam nas dependências da Câmara para cumprir mandado de busca e apreensão no gabinete de Jordy.

A postura de Moraes, responsável por autorizar os mandados de busca contra o parlamentar, contraria tradição do Poder Judiciário de avisar aos chefes do Legislativo sobre operações realizadas no Congresso.

Em junho de 2023, por exemplo, o próprio Moraes ligou para o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), para avisar da operação de busca e apreensão contra o senador Marcos do Val (Podemos-ES).

Em fevereiro de 2021, Moraes também comunicou a Lira que havia ordenado a prisão em flagrante do então deputado federal Daniel Silveira, após publicação de vídeo com ofensas a ministros do Supremo.

Remaining Time 0:09

Deputados cobram reação de Lira

Deputados agora cobram, nos bastidores, uma reação do presidente da Câmara à operação. Lira, porém, disse a parlamentares que pretendia falar com Jordy antes de se pronunciar sobre o assunto.

A coluna questionou Lira, mas não obteve retorno do deputado, nem de sua assessoria de imprensa. Moraes também foi procurado por meio da assessoria de imprensa do Supremo, mas ainda não respondeu. O espaço segue aberto.

Metropóles 

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem