Homem salva mulher de feminicídio e mata agressor

Homem viu o suspeito esfaqueando a ex-companheira em Carapicuíba e atirou; a mulher foi ferida com um corte no pescoço e o agressor morreu

 atualizado 

Compartilhar notícia

Reprodução
Imagem de homem de camiseta azul segurando facão contra mulher - Metrópoles

São Paulo — Um homem de 41 anos morreu baleado enquanto esfaqueava sua ex-companheira, em Carapicuíba, na Grande São Paulo, na manhã da última sexta-feira (19/1). Ele foi morto por um homem que passava pelo local e viu o ataque à mulher. A ex-mulher, de 49 anos, sofreu um corte profundo no pescoço e foi socorrida no hospital da região.

Alt

Receba no seu email as notícias da editoria Metrópoles SP

Frequência de envio: Diário

Testemunhas disseram que o atirador socorreu a mulher esfaqueada e chamou o resgate para o agressor. Foram solicitados exames ao Instituto Médico Legal (IML) e o caso foi registrado como tentativa de feminicídio, homicídio e violência doméstica no 2° Distrito Policial de Carapicuíba.

O atirador deve se apresentar à delegacia nesta segunda-feira (22/1) para prestar esclarecimentos.

Metropóles 

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem