Cappelli aceita convite de Alckmin para presidir ABDI

Convite para Cappelli assumir presidência da ABDI foi feito por Alckmin na semana passada e aceito pelo jornalista na terça-feira (30/1)

 atualizado 

Compartilhar notícia

Hugo Barreto/Metrópoles @hugobarretophoto
reunião Cappelli (5)

Prestes a deixar a secretaria-executiva do Ministério da Justiça, o jornalista Ricardo Cappelli aceitou o convite de Geraldo Alckmin para assumir o comando da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI).

O convite havia sido feito por Alckmin durante conversa com Cappelli na semana passada e foi aceito pelo jornalista na terça-feira (30/1), segundo apurou a coluna com fontes ligadas ao vice-presidente da República.

Mais cedo, a coluna Guilherme Amado, no Metrópoles, noticou que Alckmin tinha convidado Cappelli para o posto e que teria tido o aval do presidente Lula para abrigar o ex-número 2 de Flávio Dino na agência.

A ABDI é ligada ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, pasta comandada por Alckmin. O vice-presidente, vale lembrar, é filiado ao PSB, mesmo partido de Dino e de Cappelli.

Atualmente, a agência é presidida interinamente por Cecília Vergara e tem outros dois diretores: Carlos Geraldo Santana e a ex-deputada federal Perpétua Almeida (PCdoB), que não conseguiu se reeleger em 2022.

Decisão de Alckmin incomoda pessebistas

A decisão de Alckmin incomodou uma ala do PSB. Até então, havia dois nomes do partido cotados para a vaga: o ex-deputado Beto Albuquerque e Alexandre Navarro, atual vice-presidente da Fundação João Mangabeira, braço teórico da sigla

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem