Rachadinha: Conselho de Ética abre processo contra Janones


Denúncia de rachadinha será investigada pelo Conselho de Ética, que pode decidir pela cassação do mandato de André Janones

 atualizado 

Compartilhar notícia

Reprodução
Janones

Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara abriu processo contra André Janones para investigar a prática de rachadinha no gabinete do deputado. Se condenado, Janones pode perder mandato. O pedido de abertura do procedimento foi feito pelo PL depois que a coluna revelou gravações onde Janones cobrava parte dos salários de seus assessores em 2019.

O presidente do Conselho de Ética, deputado Leur Lomanto Junior deverá escolher o relator do processo entre três nomes sorteados pelo colegiado: Sidney Leite (PSD-AM),Emanuel Pinheiro Neto (MDB-MT) e Guilherme Boulos (PSOL-SP).

Na gravação feita por assessores, Janones argumentava que parte dos salários dos assessores seria usada para recompor seu patrimônio, “dilapidado” pela campanha eleitoral de 2016. Naquele ano, o deputado havia sido derrotado na disputa pela prefeitura de Ituiutaba (MG).

1

“Tem algumas pessoas aqui, que eu ainda vou conversar em particular depois, que vão receber um pouco de salário a mais. E elas vão me ajudar a pagar as contas do que ficou da minha campanha de prefeito. Porque eu perdi 675 mil reais na campanha. Elas vão ganhar mais, só isso”, diz o deputado, na gravação

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem