Desoneração: Dep. Rafael Prudente articula na garantia do emprego e impede demissões

Deputado federal Rafael Prudente se destacou na articulação que garantiu a derrubada do veto presidencial sobre a desoneração da folha de pagamento para 17 setores da economia 


Por Damião Miguel 

A sessão do Congresso Nacional derrubou o veto do Presidente da República ao projeto de Lei que desonera a folha de pagamento de empresas de 17 setores da economia. Com essa decisão dos parlamentares o risco de demissão em massa não acontecerá mais nesse primeiro momento. 

Um dos principais articuladores para essa vitória dos trabalhadores e da classe empresarial,  foi o deputado federal Rafael Prudente (MDB), que não descansou até conseguir a garantia da manutenção dos empregos em todo Brasil. 

Deputado preocupado na garantia do emprego 

Nas redes sociais o articulado deputado Rafael Prudente foi claro em sua posição nessa pauta que vinha preocupando os trabalhadores e os geradores de empregos;" Trabalhei intensamente para que o veto presidencial fosse derrubado para prevalecer a desoneração. No momento em que o governo tentou mudar a regra do jogo no meio do caminho, poderia prejudicar milhares de empresas que deixariam de investir na economia, e muitos trabalhadores poderiam perder o emprego. O que fizemos foi manter a segurança para o setor produtivo continuar investindo", disse, Deputado Rafael Prudente.

A desoneração é uma espécie de incentivo fiscal destinado a 17 grandes setores da economia e agora valerá até 2027.

Veja os setores beneficiados:

 Calçados, Confecção e Vestuário,  Construção Civil, Construção e Obras de Infraestrutura, comunicação, Fabricação de Veículos e Carroçarias, Máquinas e Equipamentos, Transporte Metro Ferroviário de Passageiros, Transporte Rodoviário Coletivo e Transporte Rodoviário de Cargas.

Vale lembrar que esses setores geram em média mais de 9 milhões de empregos. A proposta foi aprovada por 60 a 13 no Senado Federal e 378 a 78 na Câmara Federal.


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem