CPMI do 8 de Janeiro: senador petista cospe em colega parlamentar, ‘cuspi e cuspo’

[ad_1]

O presidente da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) do 8 de Janeiro, deputado federal Arthur Maia (União-BA), vai pedir uma perícia da gravação da sessão desta terça-feira (8) pela acusação do deputado federal Abilio Brunini (PL-MT) de que o senador Rogério Carvalho (PT-SE) teria cuspido no deputado federal Marco Feliciano (PL-SP).

Maia tentou amenizar a situação, afirmando que não viu o deputado petista cuspir propositalmente no colega. O presidente da comissão também respondeu a Abilio alegando que, como não ele estava presente à sessão durante o episódio, não poderia fazer o pedido. Feliciano, então, se dirigiu a Maia e disse que ele, sim, fazia questão da perícia.

Maia sugeriu ainda que o caso teria acontecido por acidente, no “calor da fala”.

Feliciano rebateu Arthur Maia, afirmando que se a suposta agressão tivesse partido de um colega dos partidos de direita, eles seriam massacrados.

O presidente da CPMI em outro ato diplomático tentou apaziguar ainda mais a situação.

“Tenho certeza que não foi o propósito do senador cuspir em vossa excelência como tenho certeza que isso não aconteceria com nenhum parlamentar”, afirmou.

No Twitter, Feliciano voltou a se pronunciar sobre o caso, afirmando que o petista ficou irritado por fala sobre a esquerda.

“Senador do PT, irritado com minha fala sobre a esquerda, cuspiu em mim, fui reclamar ele disse CUSPI E CUSPO, por fim me chama de LIXO. Vindo de quem vem, nada novo sob o sol”, declarou o parlamentar.

 

[ad_2] Source link https://misturabrasil.evpc.com.br/2023/08/08/cpmi-do-8-de-janeiro-senador-petista-cospe-em-colega-parlamentar-cuspi-e-cuspo/?feed_id=77383&_unique_id=64d29dd469e83

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem