Troféu Brasil de atletismo: Caio Bonfim é ouro na marcha atletica

[ad_1]

O brasiliense Caio Bonfim conquistou nesta quinta-feira (6) a primeira medalha de ouro da 42ª edição do Troféu Brasil de Atletismo, na prova dos 20 km de marcha atlética disputada num circuito de 1 km montando na Avenida Parque do Barbado, em Jardim das Américas, Cuiabá.

Caio completou a prova com o tempo de 1h20min55, melhorando o seu recorde anterior, que era de 1h21min25, alcançado em São Bernardo do Campo (SP), em 2017. “Estou muito feliz por melhorar a minha marca no Troféu Brasil depois de seis anos. Isso me dá ainda mais confiança para treinar para o Mundial de Budapeste [que será disputada entre 19 e 27 de agosto, na Hungria]”, declarou à assessoria de imprensa da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAT).

Já a prata ficou com Matheus Gabriel de Liz Correa, com o tempo de 1h24min15, e o bronze foi para Max Batista dos Santos, com a marca de 1h24min24.

Já a disputa feminina foi conquistada por Gabriela de Souza Muniz, com o tempo de 1h33min21, sendo seguida por Gabrielly Cristina dos Santos, prata com 1h43min44, e por Mayara Luize Vicentainer, bronze com 1h44min42.

Paulo André brilha nos 100 metros

Mais tarde, na prova dos 100 metros, Paulo André Camilo de Oliveira brilhou com o tempo de 10s15 para ficar com o ouro, garantindo o hexacampeonato na competição. Rodrigo Nascimento correu em 10s17 para ficar com a prata e Felipe Bardi completou a prova em 10s20 para ser bronze.

“Estou com sentimento de alivio, de missão cumprida e muito feliz pela vitória. É até difícil falar. Agradeço a Deus porque estou só com três semanas de treinamento, depois que me recuperei de uma lesão no posterior da coxa direita, quando voltei a competir. Isso mostra mais uma vez a importância de todos acreditarem nas suas possibilidades”, declarou o corredor de 24 anos de idade.

Título inédito

Entre as mulheres a estrela dos 100 metros foi a carioca Lorraine Martins, que completou a prova em 11s16 para ficar com o ouro. Esta foi a primeira vez que a velocista de 23 anos venceu a competição. A prata ficou com Vitória Rosa (11s24), enquanto Ana Carolina Azevedo levou o bronze (11s25).

“Estou muito feliz. Ser campeã brasileira nos 100 metros e de quebra com meu melhor resultado. Sou carioca e gosto muito do calor e aqui tive as condições ideais para correr bem”, afirmou Lorraine.

[ad_2] Source link https://misturabrasil.evpc.com.br/2023/07/07/trofeu-brasil-de-atletismo-caio-bonfim-e-ouro-na-marcha-atletica/?feed_id=24776&_unique_id=64a7d32639a16

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem