Nova geração de redes móveis chega a 10 milhões de acessos e já transforma a rotina de usuários

[ad_1]

Quinta geração de internet móvel possibilitará a geração de mais de 22,8 milhões de empregos em todo o mundo até 2035

(Foto: Zack / MCom)
A implementação do 5G no Brasil está completando um ano e já contabiliza mais de 10 milhões de acessos no país. Para os brasileiros, a tecnologia da quinta geração de redes móveis está facilitando o dia a dia, principalmente dos que precisam de internet com qualidade para produzir. Isso porque o 5G é até 10 vezes mais rápido que o 4G e permite o compartilhamento de dados em tempo real.
O publicitário Alan Costa sentiu muita diferença ao migrar do 4G para o 5G, principalmente durante as suas viagens. Segundo ele, era muito frequente perder a conexão na maior parte dos municípios que visitava e isso acabava impactando no resultado do seu trabalho. “É claro que ainda passamos por locais em que a cobertura de internet não é tão boa, mas houve um avanço muito grande. Hoje eu consigo trabalhar de forma remota com muita facilidade”, explica.
Além da velocidade da internet móvel, estão entre os avanços esperados para o 5G a redução do tempo entre o estímulo e a resposta da rede de telecomunicações (baixa latência); o aumento da quantidade de dispositivos conectados em uma determinada área; o incremento da quantidade de dados transmitidos por unidade de espectro eletromagnético; e a redução do consumo de energia, com consequente aumento da sustentabilidade.
Segundo o ministro das Comunicações, Juscelino Filho, enquanto o 4G consegue conectar até 10 mil dispositivos por quilômetro quadrado simultaneamente, o 5G suporta até 1 milhão de dispositivos. “Implementar a tecnologia de quinta geração no país é movimentar negócios em áreas como inteligência artificial, processamento de dados, metaverso, e-commerce, indústria, logística, transporte, saúde, educação e agronegócio”, acrescenta o ministro.
Já o conselheiro da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Artur Coimbra, espera que as “novas aplicações que irão surgir na rede 5G, e não poderiam existir com o 4G, modifiquem a vida dos brasileiros”. “Observaremos a tecnologia viabilizando veículos autônomos, mais aplicações de conectividade máquina para máquina, telemedicina, entrega de mercadorias por drones, chat por vídeo e jogos com qualidade de console em qualquer lugar, realidade virtual e aumentada, além de internet tátil, entre outras que ainda podem ser criadas”, vislumbrou.
EMPREGO – O 5G também impacta no aumento das oportunidades de trabalho. De acordo com relatório do Fórum Econômico Mundial, a transformação com a chegada da quinta geração de internet móvel possibilitará a geração de mais de 22,8 milhões de empregos em todo o mundo até 2035.
Além disso, a tecnologia poderá impactar no cumprimento de 11 dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), pacto global da Organização das Nações Unidas (ONU) para garantir dignidade e qualidade de vida para a população mundial. Isso porque a inclusão digital se reflete em inúmeras oportunidades sociais, entre elas empreendedorismo, geração de renda, maior acesso à saúde, educação e crescimento econômico, reduzindo desigualdades e erradicação da pobreza.

[ad_2] Source link https://misturabrasil.evpc.com.br/2023/07/09/nova-geracao-de-redes-moveis-chega-a-10-milhoes-de-acessos-e-ja-transforma-a-rotina-de-usuarios/?feed_id=27439&_unique_id=64aa762bb867a

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem