Raphael Veiga exalta força dos adversários africanos nos amistosos da Seleção Brasileira



[ad_1]





Raphael Veiga - Seleção Brasileira (Foto - Joilson Marconne/CBF)



[esi ads local="intext" ttl="3600" cache="public" ]


Em sua segunda passagem pela Seleção Brasileira, Raphael Veiga já se sente em casa. Sério e centrado no trabalho, ele desfruta da ótima fase por que passa e projeta vida longa na equipe. Ao analisar os próximos amistosos do Brasil, contra Guiné (dia 17) e Senegal (dia 20), o camisa 10 do Palmeiras antevê dificuldades para a Seleção comandada por Ramon Menezes.


“Quando a gente treina, joga e convive com o grupo, tudo fica mais fácil, mais entrosado. Vamos enfrentar boas equipes, muito fortes fisicamente. Exemplo disso é a seleção de Marrocos, que ficou em quarto lugar no Mundial da Catar. No amistoso recente, contra eles, a gente viu a dificuldade que foi.”


O meia-atacante do Palmeiras vive o auge de sua carreira e é um dos principais nomes do time vitorioso dirigido por Abel Ferreira. Começou a despontar como um dos grandes da sua posição em 2018, quando já pertencia ao Palmeiras e estava emprestado ao Athletico-PR. Desde então, sua carreira decolou.


Agora, não esconde a ansiedade por nova oportunidade. Quer ajudar a equipe a vencer seus jogos e, claro, fazer o primeiro gol pela Seleção Brasileira. “Bastante ansioso, marcar um gol sempre é muito bom. Pela Seleção, então, nem se fala.”


(Conteúdo – CBF News)



Leia mais sobre: Seleção Brasileira / Esportes





[ad_2]

Source link

https://misturabrasil.evpc.com.br/2023/06/17/raphael-veiga-exalta-forca-dos-adversarios-africanos-nos-amistosos-da-selecao-brasileira/?feed_id=1424&_unique_id=648f041cdba58

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem